Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

23/08/2019 09:35
  • Dia do Folclore é festejado na Escola Municipal Prof. Ascendino de Almeida
Adrovando Claro

A Escola Municipal Professor Ascendino de Almeida, localizada no bairro Pitimbu, comemorou durante toda essa quinta-feira (22/08), o Dia do Folclore, com a participação de toda a comunidade escolar e com os artistas Carlos Zens e Marcos Medeiros. Na programação, histórias do folclore brasileiro, canto coral, ciranda e boi de reis.

 

 

 

Os artistas Carlos Zens e Marcos Medeiros foram convidados para participarem de toda a programação, uma vez que a obra de cada um foi pesquisada pelos estudantes, que expuseram, por meio das artes plásticas, literatura de cordel e músicas, a carreira e produção dos homenageados.

 

 

 

Flor Xanana, Calango de Praia e Brancas Dunas, canções de Carlos Zens e os livros Saudades do meu sertão, Frutas da nossa natureza e Zé de Jia, de Marcos Medeiros, inspiraram os alunos nos trabalhos apresentados.

 

 

 

Na conversa com os estudantes, Carlos Zens, durante sua apresentação, também apresentou conceitos sobre folclore, tradições populares, músicas antigas, danças, contos e brincadeiras tradicionais do povo potiguar.  “Falei também um pouco da minha história, sobre o que eu toco e quando eu fiz essas composições que os alunos apresentaram. Fica assim reunido um conteúdo geral de compreensão da vivência do folclore, ainda mais que somos o Estado e a cidade do folclorista Luís da Câmara Cascudo,” disse Zens.

 

 


As professoras de Artes, Maurenice Lopes da Silva e Rosana Célia Dourado, realizaram com suas turmas diversas atividades envolvendo músicas, desenhos e murais durante toda a semana. “Trabalhei com as músicas e a história de Carlos Zen e dei foco principal pra três músicas que fizeram parte das apresentações”, disse Maurenice.  Já Rosana, elaborou atividades com o tema do Boi de Reis, criado pelo mestre Manoel Marinheiro, e que se mantém fortemente no bairro de Felipe Camarão. “Eu estava explicando o cubismo para os alunos e fiz o Boi de Reis na versão cubista nas turmas do 5º ano. Algumas músicas também serviram de tema para os alunos desenharem a partir das letras, como Calango da praia,” relatou.

 

 


“Eu e minha irmã, estudamos histórias do folclore como o lobisomem, a mula sem cabeça, o saci e o curupira. Criamos uma história e desenhamos para um painel. Isso foi bem legal”, comentou Heloísa Constantino Costa, de 11 anos, acompanhada da irmã gêmea Gabriela Constantino Costa.


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css